sábado, 31 de dezembro de 2016

[TBR] A Lista de Leituras - Estrangeiros

Oi, pessoal! Vamos continuar com a minha ambiciosa TBR para 2017? A parte dos Nacionais já foi postada, mas ainda não é o bastante; a quantidade de livros estrangeiros não lidos aqui em casa é praticamente o triplo de nacionais, então eles também precisam de uma lista. Sem mais delongas, confiram A Lista - Parte 2, retirada dos livros nos armários 1, 2 e 4.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

[TBR] A Lista de Leituras - Nacionais


Oi, pessoal! Às vésperas da virada do ano, venho trazer a (primeira parte da) minha Lista de leituras ou TBR para 2017. Como já falei em outros posts, a minha lista é gigante e formada especialmente por aquelas dezenas de livros que comprei ao longo de 2015 e 2016, mas não li ainda. Isso na parte dos nacionaisNa seção dos estrangeiros, tem livros que comprei em 2013 e estão acumulando poeira, tadinhos. Há algumas releituras também, mas é por questão de necessidade; por causa da minha memória terrível, preciso reler os primeiros livros das séries para dar sequência (já que não lembro muito mais que a sinopse e alguns acontecimentos-chave, quando muito). 
Como esta lista tem por objetivo ler o máximo possível desses livros comprados, mas não lidos, ela está focada nos livros físicos que abarrotam os quatro armários aqui em casa. Isso quer dizer que não vou ler os que comprei pela Amazon? Não, só quer dizer que vou ler mais físicos que e-books esse ano porque quero fazer minha mãe feliz e ela quer que eu leia os livros dos armários.
Assim sendo, este primeiro post é dedicado aos livros do Armário 3, o armário dos nacionais.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

[TAG] Retrospectiva 2016



Oi, pessoal! Aproveitando o clima de final de ano, decidi adiar todas as novidades do The Nerd Bubble para 2017 e deixar essa semana para os planejamentos. Como não dá para planejar nada sem uma boa olhada para o passado, nada melhor que responder à TAG que a Lua do blog Caderno da Lua me marcou. Ela explica em seu post que a TAG era originalmente 50% (imagino que por ser respondida no meio do ano), mas foi rebatizada de RETROSPECTIVA 2016 por motivos óbvios. Antes de iniciarmos, gostaria de lembrar que foi um ano bem devagar nas leituras, então alguns livros podem se repetir... Vamos à ela, então? 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

[Resenha] Le Chevalier: Arquivos Secretos - A. Z. Cordenonsi e Fred Rubim


Oi, pessoal! Hoje trago a última resenha de 2016, que é bem especial. Mês passado, comentei que queria muito ler a recém lançada HQ Le Chevalier: Arquivos Secretos, com texto de A. Z. Cordenonsi e ilustrações de Fred Rubim. A AVEC Editora, maravilhosa como sempre, me enviou a HQ mesmo com meu atraso homérico para resenhar o que já tenho em casa. Deixo aqui mais uma vez meu agradecimento ao editor Artur Vecchi por não desistir de mim e do The Nerd Bubble! Vamos à sinopse?

domingo, 6 de novembro de 2016

[Semana En La Ciudad De La Furia] INFO-DÍA 06: CURIOSIDADES DE LA FURIA


Oi, pessoal! No próximo sábado, 12/11, Fernanda Chazan Briones lançará seu livro Na Cidade da Fúria em São Paulo. E até lá, viajamos juntos por Buenos Aires com muitos posts curiosos e divertidos sobre o lançamento, a obra e a autora. 

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

[Semana En La Ciudad De La Furia] INFO-DÍA 03 - BUENOS AIRES EN LA FURIA


Oi, pessoal! A SEMANA EN LA CIUDAD DE LA FURIA não para! Durante nove dias (é isso mesmo, êta semana prolongada!) divulgarei um conteúdo exclusivo sobre o livro NA CIDADE DA FÚRIA, da autora Fernanda Chazan Briones. Vai ter curiosidades sobre a obra? Vai, sim! Vai ter trilha sonora das boas? Vai também! E entrevista, vai ter? MAS É CLARO QUE VAI! O livro conta a história de uma garota corajosa e determinada que quebra todos os padrões. Rachel é seu nome, e Buenos Aires é o cenário de toda a trama. Acompanhe a semana dia após dia e conheça aquilo que nunca te contaram sobre a capital argentina. História, cultura, costumes e – por que não? – muitas lendas urbanas. 

BUENOS AIRES EN LA FURIA

Cidade Autônoma de Buenos Aires, capital da Argentina. Quem visita a cidade, costuma ir de encontro aos pontos turísticos conhecidos, como o Obelisco e a Casa Rosada. Mas há lugares aos quais nenhum guia turístico pode levar os visitantes. São lugares ocultos, em pontos estratégicos. Bairros tradicionais, com pessoas tradicionais, costumes tradicionais e uma revolução trazida pela juventude do século XXI. Isso não se conhece comendo alfajores, nem indo a shows de tango. São vivências que apenas anos em Buenos Aires são capazes de oferecer. Ou, então, uma boa leitura. 

Na Cidade da Fúria foi escrito enquanto Fernanda Chazan Briones morava na Argentina. Na época, a autora estudava literatura e escrita criativa, e o livro foi como uma criança nascendo ali mesmo, no próprio útero. Ela colocou algumas de suas experiências no livro, e fez de alguns amigos, personagens da obra. A isso, somou curiosidades sobre a cidade e a cultura do país, além de referências à história argentina. Senhora Eva, do brechó Perón, é uma dessas referências. 

Fernanda formou-se em correção literária, e depois de trabalhar um pouco ali, um pouco aqui, resolveu voltar a São Paulo, sua cidade-natal, para tentar a vida como escritora. Buenos Aires, no entanto, deixou um belo legado: o livro que tanto representa a grandeza e a diversidade daquele país. 

Abaixo, leia alguns trechos da obra em seus respectivos cenários. Mas, antes, garanta sua participação no Sorteio De La Furia

Para concorrer a um exemplar autografado + brinde surpresa, siga as instruções a seguir:
Curta a página da autora no FB – www.facebook.com/fernandachazanbriones
Curta a foto oficial do sorteio (na página da autora) e marque quatro amigas ou amigos
Compartilhe a foto oficial do sorteio em modo público usando a hashtag #SemanaEnLaCiudadDeLaFuria
Confirme presença no lançamento virtual  https://www.facebook.com/events/571781429679630/

Cemitério da Recoleta

“A famosa rua Junín. 
Linda, arborizada e cheia de gente.
De um lado, havia mais bares e jovens animados. Do outro, uma frase em latim. Requiescant in Pace. Ou, em português, descansem em paz. As palavras tinham sido estampadas em uma galeria de quatro colunas, dessas de estilo grego, e acompanhavam uma série de símbolos que representavam a vida e a morte. Era uma arquitetura impressionante. Mas, obviamente, não pude admirá-la por muito tempo. Afinal, para onde iríamos? As sirenes se aproximavam e pareciam ser mais de duas. 
Precisávamos encontrar uma saída logo.”

La Bombonera

“Imagine o lugar mais cheio de gente em que você já esteve. Agora, dobre o número de pessoas na cena imaginada. Bem, se você pintar o lugar de azul e amarelo e acrescentar um barulho ensurdecedor, poderá ter uma vaga ideia de onde eu estava. 
Ali, no meio da torcida do Boca Juniors.”

Rua Florida

“Estávamos hospedadas em um hotel próximo à Rua Florida, uma rua só de pedestres, cheia de lojas e galerias nas quais havia de tudo um pouco, desde agências de viagem, até fábricas de casacos de couro. E pelo caminho, eu escutava os gritos de alguns argentinos que arriscavam o português e o inglês, e os de outros, que ofereciam produtos em seu idioma nativo.” 


NA CIDADE DA FÚRIA – LANÇAMENTO E TARDE DE AUTÓGRAFOS EM SÃO PAULO
Quando? 12/11, sábado, das 15h30 às 18h30
Onde? Livraria Leitura, Shopping Cidade São Paulo

terça-feira, 1 de novembro de 2016

[Semana En La Ciudad De La Furia] INFO-DÍA 02 - NA CIDADE DA FÚRIA


Oi, pessoal! Dia 12/11, sábado, será o lançamento e tarde de autógrafos do livro Na Cidade da Fúria, da Fernanda Chazan Briones. Até lá, a autora organizou uma semana com nove dias especialmente dedicados à obra – desde curiosidades, resenhas, entrevistas, até sorteios. Isso mesmo! No fim da Semana En La Ciudad De La Furia, um exemplar autografado do livro será sorteado aos leitores dos blogs participantes da semana, incluindo o nosso The Nerd Bubble. Para concorrer, leia as instruções no post e acompanhe a semana para ficar por dentro do que ainda está por vir! Hoje, a autora conta um pouquinho sobre o livro. Amanhã, o foco será outro. Não perca nadinha! Venha conosco viajar pela cidade da fúria! Fiquem agora com as palavras da Fernanda:


Chicas y chicos, é com imensa alegria que anuncio o lançamento de "Na Cidade da Fúria", meu primeiro livro dedicado aos jovens, todinho escrito e ambientado em Buenos Aires Tango City. E para celebrar essa maravilha, decidi organizar a "SEMANA EN LA CIUDAD DE LA FURIA", em parceria com vários blogueiros e blogueiras lindas, na qual vocês terão acesso a curiosidades, informações exclusivas, resenhas, entrevistas e muito mais, além de um sorteio mega especial! Acompanhe a semana (até 08/11) e cruze os dedos! No último dia, sairá o resultado do sorteio de um exemplar autografado + brinde, e para participar, basta seguir as instruções lááá embaixo, no fim desse textinho meigo. 

Você gosta de uma história cheia de suspense, ação e tramas psicológicas? Pois e se eu disser que você encontra tudo isso em "Na Cidade da Fúria", além de um monte de informações incríveis sobre a história e a cultura portenha contadas de um modo que nenhum guia contou, e uma pitadinha de romance, porque ninguém "está hecho de hierro", né? Ah, sim, e você encontra muitas coisas em argentinês pelo livro. É praticamente uma aula de idioma grátis. E de girl power. E de empoderamento. E de descobertas. 
Se você quer saber porque o estádio do Boca se chama La Bombonera, ou quem foi Rufina Cambaceres, ou o que é o tango progressivo, ou ainda viajar pela literatura, pelo cinema e pela história de Buenos Aires, "Na Cidade da Fúria" é o livro para você!

A história conta a viagem de Rachel e sua irmã a Buenos Aires. Uma viagem que era para ser um sonho e no fim - ¡adivínenlo! - acaba virando um pesadelo. Logo no primeiro dia na capital hermana, a irmã de Rachel desaparece. E o pior é que os suspeitos, ditos "zombies", são uns caras que andam com seringas de sabe-se lá o que por aí! 
Quer dizer, isso não é bem o pior. 
Tem algo ainda mais treta na história. 
Graças a não-vou-falar-porque-é-spoiler, a imprensa está cega e a polícia tomada pela corrupção. Ou seja, Rachel não tem ajuda nenhuma para encontrar sua irmã. Exceto a de Nahuel, um argentino sangue bom que guarda um monte de segredos capazes de ajudar nossa protagonista na resolução de todos os problemas. 
No livro, há referências a filmes, livros e ícones da cultura argentina, bem como a lendas urbanas e costumes do cotidiano portenho trazidos pela juventude do século XXI. Você irá conhecer as tumbas do Cemitério da Recoleta e comemorar os gols no estádio La Bombonera. Tudo isso à base de muito tango progressivo. E empanadas, é claro!

Para concorrer a um exemplar autografado + brinde surpresa, siga as instruções abaixo:

1- Curta a página da autora no FB – www.facebook.com/fernandachazanbriones

2- Curta a foto oficial do sorteio (na página da autora) e marque quatro amigas ou amigos

3- Compartilhe a foto oficial do sorteio em modo público usando a hashtag #SemanaEnLaCiudadDeLaFuria

4- Confirme presença no lançamento virtual - https://www.facebook.com/events/571781429679630/

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

[Semana Especial Debaixo das Minhas Asas] Dia 07

Hoje é o último dia da semana de divulgação do livro "Debaixo das Minhas Asas" e nada mais lindo para terminar do que uma entrevista com a autora Kate Willians!

TAG Dark BLU

Oi, pessoal! Para comemorar o Halloween, nós do BLU criamos a TAG Dark BLU para falar um pouco sobre literatura e terro, é claro! Confira:
TAG Dark BLU
Favoritos

1. Qual é o seu livro de terror favorito?
Difícil porque ainda não li tantos livros de terror, embora seja um dos meus subgêneros favoritos. Como adoro zumbis, acho que O Vale dos Mortos, do Rodrigo de Oliveira, e Ex-heróis, do Peter Clines estão no topo da lista. 

2. Qual é o seu ser fantástico favorito?

Sou louca por praticamente qualquer ser fantástico, de vampiro a elfo, de sereia a dragão. Mas zumbis são meus serzinhos favoritos; assisto qualquer coisa e leio qualquer coisa com zumbis!

3. Quais são seus filmes e séries de terror/sobrenatural favorito?

Filmes bons de zumbi são bem difíceis de achar, infelizmente, mas AMO Todo Mundo Quase Morto (Shaun of the Dead), Madrugada dos Mortos (Dawn of the Dead) e Zumbilândia [sim, eu gosto, me deixa]. Quanto às séries, Supernatural e The Walking Dead têm um lugarzinho especial no meu coração, mas iZombie é a minha favorita do momento, embora nem tenha tanto terror assim. [A propósito, logo, logo trago pra vocês umas listinhas bem legais de séries por gênero!]

- Se você acordasse no universo do último livro de terror que leu, quão ferrado estaria?
Bom, estou terminando O Cemitério, do Stephen King, então acho que não estaria TÃO ferrada! No máximo, teria um gatinho ressuscitado...


- Se pudesse pertencer à uma raça fantástica, qual escolheria?
Apesar de adorar zumbis, não queria ser um zumbi - gosto das minhas funções cognitivas como elas são. Dito isso, fico em dúvida entre bruxa (que não é bem uma "raça", mas é o que eu queria ser desde pequeninha) e transmorfo - talvez uma werejaguar como as que tenho no meu livro :D 

E aí? Gostaram? Fiquem à vontade pra responder à TAG também!
Por enquanto é só, pessoal!
Happy (Scary) Halloween o_/
 


[Semana En La Ciudad de la Furia] INFO-DÍA 01 - NOCHE DE BRUJAS


SEMANA EN LA CIUDAD DE LA FURIA começou. Durante nove dias (é isso mesmo, êta semana prolongada!) divulgarei um conteúdo exclusivo sobre o livro NA CIDADE DA FÚRIA, da autora Fernanda Chazan Briones. Vai ter curiosidades sobre a obra? Vai, sim! Vai ter trilha sonora das boas? Vai também! E entrevista, vai ter? MAS É CLARO QUE VAI! O livro, do qual falarei melhor amanhã, conta a história de uma garota corajosa e determinada que quebra todos os padrões. Rachel é seu nome, e Buenos Aires é o cenário de toda a trama. Acompanhe a semana dia após dia e conheça aquilo que nunca te contaram sobre a capital argentina. História, cultura, costumes e – por que não? – muitas lendas urbanas. Lendas como essa, que a autora selecionou especialmente para a noche de brujas. Confira para ter certeza: existe terror na Argentina, sim. E ele é dos bons!

Resultado de imagem para monstro cama

TERROR BAJO LA CAMA

Não se conhece a origem dessa lenda urbana, nem em que família a história aconteceu. O que se sabe, no entanto, é que essa é uma daquelas histórias que nunca morrem. E você já vai descobrir o porquê. 

Uma família estava noites e noites sem dormir. Já tinha perdido a conta e a paciência, e sentia que não havia mais o que fazer.  

Tudo havia começado um ano antes, com um aparente pesadelo da filha. Um grito apavorado no meio da noite, os olhinhos que pareciam desorbitar-se e a insistência em repetir que, no dormitório, algo a observava agachado em meio às sombras. Os pais reviraram o quarto inteiro, procurando por todos os cantos. Detrás das bonecas de olhos de vidro, debaixo da cama, dentro do guarda-roupas e na caixa de brinquedos... nada, não havia nada, mas a menina não se tranquilizava. E para piorar, a angústia e os temores começaram a reaparecer noite após noite. 

Houve um descanso de quinze dias, mas superado esse lapso, o terror da menina voltou a manifestar-se. Foram longas noites para toda a família, com gritos e lágrimas constantes. 

Os adultos decidiram então levar a menina aos melhores médicos de Buenos Aires, que ordenaram urgentemente tratamentos e terapias. Apesar de tudo que tentaram, os resultados foram negativos. O desespero era tanto que pensaram que iriam enlouquecer. Provaram, então, outros meios. Recorreram ao misterioso mundo de médiuns, adivinhos, curandeiros e mulheres que podiam ver além do que vemos. Mas, ainda assim, nada mudava. A menina continuava a sentir medo à noite e dizia que algo a observava debaixo da cama. 

Um amigo havia escutado os padeceres da família durante esses longos meses e decidiu que os aconselharia. “Vocês já pensaram em comprar um cachorro? Eles sempre dão a vida por seu dono. Se o que incomoda a garota é algo real, o cachorro com toda certeza irá defendê-la. Se é outra coisa, dizem que os animais têm um sexto sentido, e também irá protegê-la”, argumentou. 

O rosto sério do amigo e o cansaço e a preocupação que sentiam fizeram com que o casal se decidisse logo. Afinal, já tinham experimentado tantas coisas que não funcionaram, que não perderiam nada em tentar essa opção. 

A menina ficou feliz com o filhotinho que a acompanhava o tempo inteiro, para cuidá-la e para velar seu sono. Assim, estabeleceu-se entre eles um pacto implícito: quando a garota sentia muito medo e estava segura de que algo a ameaçava, colocava a mão para fora da cama. Sabia que ali debaixo encontraria seu cachorro que, rapidamente, correria para lamber sua mão, para que logo se acalmasse e pudesse dormir tranquilamente. 

Os pesadelos então ficaram para trás, como também as longas noites de desespero e espanto. A família se tranquilizou e logo esqueceu os acontecimentos tão dolorosos. 

Tempos depois, os pais foram convidados para uma festa. As crianças não eram bem-vindas, portanto deixaram a menina sozinha em casa, aos cuidados de seu animal de estimação. Na madrugada, antes que o casal voltasse, uma tempestade desatou a cair. A água batia furiosamente contra os cristais da janela, os relâmpagos formavam figuras estranhas no quarto e o vento enlouquecido parecia gritar palavras incompreensíveis entre as árvores do jardim. A menina acordou apavorada, tremendo e suando frio. Sentiu que algo tinha voltado a observá-la naquela espantosa noite. Então, como sempre, colocou a mão para fora da cama, e rapidamente sentiu seu cachorro lamber suas mãos. 

No outro dia, tudo havia mudado. A chuva tinha dado espaço a um sol radiante que entrava pelas janelas. A garota acordou e se espreguiçou. Tinha dormido tranquilamente depois do susto da noite anterior. Colocou os pés para fora da cama e os apoiou em um pequeno tapete. Inquietou-se ao sentir algo úmido e pegajoso na sola dos pés, mas pior foi o impacto quando viu seu cachorro degolado no carpete. Angustiada, começou a chorar desesperadamente, enquanto chamava seus pais. 

As lágrimas e o estado de choque em que se encontrava impediram que visse no espelho de seu quarto as letras escritas com sangue: “não só os cachorros lambem as mãos”. 

(trecho traduzido de “Buenos Aires Misteriosa – crímenes, leyendas y fantasmas de la ciudad”, ZIGIOTTO, Diego M.) 

NA CIDADE DA FÚRIA

Pré-venda disponível: 

Lançamento em São Paulo: 
Sábado, 12/11, na Livraria Leitura do Shopping Cidade São Paulo, das 15h30 às 18h30

domingo, 30 de outubro de 2016

[Semana Especial Debaixo das minhas asas] Dia 06


O sexto dia da Semana Especial Debaixo das Minhas Asas chegou e com ele, algumas características marcantes dos personagens fundamentais para a trama. Além, é claro, da foto dos atores que a autora Kate Willians imagina sendo cada personagem!

ALEX




Alex é um surfista. Um garoto determinado que ama muito a sua companheira de muito tempo, Abigail. Por conta de vários acontecimentos perante a amada, a vida de Alex tem uma reviravolta e mesmo aos trancos e barrancos ela faz de tudo para descobrir quem é, e principalmente para ter o amor de Abigail sempre por perto.


ABIGAIL


Abigail é um anjo guardião e sempre estevem em volta do seu companheiro, Alex. Ela é uma garota de personalidade forte e muito determinada. E é dona de lindos olhos azuis capazes de hipnotizar o seu amado Alex e capaz de produzir muitos conflitos durante a história.
CAIO


Caio e Abigail tiveram um rápido relacionamento no passado. Atualmente eles dividem o mesmo apartamento já que por vários acontecimentos, Abigail acaba sendo mudada de cargo para ser um anjo protetor. Juntos, ela e Caio cuidam de dois irmãos.

HENRIQUE





Henrique é um caçador de anjos. Ser um caçador é um herança familiar passada de pai para filho por gerações. Quando sua missão e a vida de Abby se cruzam ele se apaixona perdidamente pela anjinha atrapalhada. 




CAROLINE

A melhor amiga de Abby é um anjo capaz de ver o futuro, com a sua personalidade sendo o oposto da personagem principal do nosso livro, Caroline é conselheira de Abby sempre disposta a ajuda a melhor amiga e quebrar o clima nas horas difíceis.




 Sinopse: Abby Disilva foi o anjo escolhido pelo Criador para proteger e guardar Alex Le Justice por toda a vida. Teimosa, rebelde e impulsiva, Abby já quebrou muitas regras e perdeu muitas vidas inocentes que poderiam ter sido poupadas, se sua conduta não os tivesse levado para caminhos obscuros. Alex é sua última chance de provar que merece o título de guardiã e finalmente garantir seu lugar aos céus. Mas o que fazer quando após assisti-lo crescer e se transformar num homem honesto e corajoso, Abby se vê perdidamente apaixonada por seu protegido? O que fazer quando a luta pelo amor verdadeiro transforma amigos em inimigos e últimas chances em oportunidades extintas? Uma aventura intensa e conflitante, romântica e sensível que levará o leitor ao paraíso, só para então puxá-lo para as labaredas flamejantes do inferno. Afinal, em meio ao caos, você optaria por salvar quem ama ou por salvar a própria pele?


CONTATOS DA AUTORA


Blogs Participantes da Semana especial Debaixo das Minhas Asas: 

sábado, 29 de outubro de 2016

[Semana Especial Debaixo das Minhas Asas] Dia 05


A Semana Especial de Debaixo das Minhas Asas tem o objetivo de te apresentar conteúdo inédito do novo livro da autora parceira Kate Willians.
Para o quinto dia nós reunimos algumas novidades extras para vocês! Você já sabe por onde o Debaixo das Minhas Asas está sendo divulgado? Então vem com a gente:

A Tabatha Cuzziol do blog e canal Floretizas fez a primeira resenha em vídeo sobre o livro, contando como foi a sua experiência lendo o livro antes da sua estreia oficial e também fazendo o prefácio do mesmo, confere aí:

Tem sorteio rolando também! 
O blog "Magic Room" está fazendo um sorteio para promover o livro! 
E só entrar na página deles - CLICANDO AQUI - e você confere todo o regulamento.

E a terceira novidade de hoje é que o Guilherme Allan do blog "The Libraby" fez uma TAG especial para o livro Debaixo das Minhas Asas. Confira!

Perguntas

1 - Se você pudesse escolher alguém para ser o seu anjo da guarda quem seria? 
Com certeza colocaria minha vida nas mãos da minha mãe, Doris. Ela seria um excelente anjo da guarda!

2 - Se um anjo justiceiro matasse o amor de sua vida e ele voltasse, sem ao menos lembrar de você e vocês se apaixonassem novamente, você cometeria o mesmo erro ou contaria a verdade a ele? 
Contaria toda a verdade, fosse o que fosse!

3 - Se tivesse a chance de escolher, de quem você seria o anjo da guarda? 
Da minha melhor amiga, Iassana. Com sorte, poderia ajudá-la a sair de todas as situações ruins para que ela nunca sofresse na vida :D

4 - O que diria se fosse o anjo da guarda de alguém e essa pessoa estivesse tendo problemas como a depressão? 
Tentaria fazer meu protegido entender que não está sozinho ou desamparado, que é normal e que tudo pode melhorar, mas que precisa buscar ajuda. Só ele pode escolher sair dessa situação, mas o apoiaria em todo o caminho. 

5 - O amor de sua vida está prestes a ser levado para o outro plano, você o salvaria dando a sua vida como pagamento ou deixaria matá-lo? 
Se houvesse algo que eu pudesse fazer, o salvaria, mesmo que fosse preciso dar a minha vida pra isso.

6 - Você é o anjo da guarda da Kate e se vê apaixonado por ela. O que faria?  
Como anjo da guarda, me manteria à distância, a ajudando em tudo que fosse possível para que ela conseguisse alcançar sua felicidade, mesmo que isso causasse a minha tristeza.

7 - O criador te dá a missão de cuidar de alguém desde muito pequeno e você por ser um anjo errante aceita, na tentativa de se redimir, mas novamente erra. Você aceitaria que errou e teria que pagar pelo que fez ou lutaria pela sua liberdade, sem erros ou acertos? 
Provavelmente lutaria pela minha liberdade!

8 - Se você conseguisse alguém especial e conseguisse ver anjos e fosse um, você contaria ou fingiriam ser humana? 
Não sei se entendi bem a pergunta, mas contaria para quem eu amasse e confiasse que tenho habilidades. Para os outros, fingiria ser humana. As pessoas tendem a ser horríveis com aqueles que são diferentes.

9 - Tudo em sua vida está dando errado e você precisa resolvê-la, mas a única forma de fazer isso é você se envolver com as pessoas erradas. Você faria isso para resolvê-la? 
Não sei até onde iria para resolver a minha vida, mas acho que não me meteria com as pessoas erradas a menos que a vida de quem amo estivesse em risco. 

10 - Você é um anjo e seu maior amor, humano. Vocês fugiria do céu para viver com ele?
Embora a vida tenha me ensinado que amores podem ser efêmeros, sou doida o bastante para deixar tudo que conheço por um grande amor.


Sinopse: Abby Disilva foi o anjo escolhido pelo Criador para proteger e guardar Alex Le Justice por toda a vida. Teimosa, rebelde e impulsiva, Abby já quebrou muitas regras e perdeu muitas vidas inocentes que poderiam ter sido poupadas, se sua conduta não os tivesse levado para caminhos obscuros. Alex é sua última chance de provar que merece o título de guardiã e finalmente garantir seu lugar aos céus. Mas o que fazer quando após assisti-lo crescer e se transformar num homem honesto e corajoso, Abby se vê perdidamente apaixonada por seu protegido? O que fazer quando a luta pelo amor verdadeiro transforma amigos em inimigos e últimas chances em oportunidades extintas? Uma aventura intensa e conflitante, romântica e sensível que levará o leitor ao paraíso, só para então puxá-lo para as labaredas flamejantes do inferno. Afinal, em meio ao caos, você optaria por salvar quem ama ou por salvar a própria pele?


CONTATOS DA AUTORA

Blogs Participantes da Semana especial Debaixo das Minhas Asas:

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

[Semana Especial Debaixo das Minhas Asas] Dia 04


Por trás de todo livro, tem uma história ainda mais linda. E isso não poderia ser diferente com Debaixo das Minhas Asas, escrito pela autora Kate Willians.
Nesse quarto dia da Semana Especial Debaixo das Minhas Asas, a autora nos presenteou com algumas curiosidades sobre a escrita do livro, e toda a história por trás do romance de Abby e Alex.


1. O livro foi escrito depois que a autora teve uma crise de depressão.

2. A ideia sobre toda a história do livro veio através de um sonho. Nesse sonho, a Kate estava em um precipício - bem pertinho do sol - e várias penas das asas de anjos começam cair.
3. A ideia do livro ser ambientado na praia foi porque, na época em que ele foi escrito, a Tia da autora morava na praia. E quando a Kate foi visita-la, se sentiu muito feliz no lugar. E tem muitas lembranças boas!
4. A melhor amiga de Abby, Caroline, existe na vida real! Na vida real ela é muito tímida, ao contrário da personagem. Pois é, a Kate escreveu algumas características um pouco diferentes para que a sua melhor amiga da vida real conseguisse ver que ela não precisa se esconder e é uma pessoa maravilhosa!
5. A autora evitou pensar na publicação de Debaixo das Minhas Asas por muito tempo, porque ela ainda não se sentia preparada o suficiente para isso. Estar publicando o livro agora, para a Kate é um exercício de maturidade!




Sinopse: Abby Disilva foi o anjo escolhido pelo Criador para proteger e guardar Alex Le Justice por toda a vida. Teimosa, rebelde e impulsiva, Abby já quebrou muitas regras e perdeu muitas vidas inocentes que poderiam ter sido poupadas, se sua conduta não os tivesse levado para caminhos obscuros. Alex é sua última chance de provar que merece o título de guardiã e finalmente garantir seu lugar aos céus. Mas o que fazer quando após assisti-lo crescer e se transformar num homem honesto e corajoso, Abby se vê perdidamente apaixonada por seu protegido? O que fazer quando a luta pelo amor verdadeiro transforma amigos em inimigos e últimas chances em oportunidades extintas? Uma aventura intensa e conflitante, romântica e sensível que levará o leitor ao paraíso, só para então puxá-lo para as labaredas flamejantes do inferno. Afinal, em meio ao caos, você optaria por salvar quem ama ou por salvar a própria pele?


CONTATOS DA AUTORA

Blogs Participantes da Semana especial Debaixo das Minhas Asas: